Home » A caminho do Natal » Iraque: o Natal foi de medo

Iraque: o Natal foi de medo

Mais um episódio de violência anticristã foi registrado no Iraque. No dia 13 de dezembro de 2011, dois cristãos foram assassinados em Mossul. Em todo o país o Natal foi celebrado com as mesmas precauções dos anos passados: as celebrações foram de dia, as igrejas foram protegidas e não se realizaram grandes manifestações pelas ruas. Tudo se deu em clima de preocupação, com confiança e tranqüilidade.

Compartilhe e Indique:
Demais conteúdos:
» 29/03/2018 |
» 18/10/2016 | Andrea Bocelli - Um show inesquecível, um privilégio único!
» 14/12/2017 | Ano da Misericórdia - 08/dezembro/2015 a 20/novembro/2016
» 29/12/2011 | Nigéria: seita islâmica provocou os ataques
» 29/12/2011 | Papa: "Violência conduz exclusivamente à dor"
» 28/12/2011 | Dos Leitores - Natal e Ano Novo
» 26/12/2011 | Natal com enfeites recicláveis
» 26/12/2011 | Coréia do Norte: Onde o natal é proibido
» 26/12/2011 | Campanha “Natal é Jesus”
» 25/12/2011 | Natal! - O Aniversariante

[+] mais conteúdo
 
Total de mensagens escritas por usuários: 0
Deixe sua mensagem
Avaliaremos sua mensagem para depois liberá-la!
 
Nome:
E-mail:
Título:
Cidade:
Estado:
Mensagem:
caracteres

Receba o Vivências diariamente: -Evangelho -Recadinhos -Reflexões

*campo obrigatório